(ESTENDER + 500 PALAVRAS) Comprar ou construir: qual a melhor opção?

Muitas pessoas sonham em ter a casa própria e sair do aluguel, afinal, nada melhor que ter estabilidade, independência e privacidade. Para quem está prestes a realizar esse sonho, é possível optar por comprar ou construir uma casa. Ambos os casos têm vantagens e desvantagens, sendo preciso analisar todas as possibilidades para tomar a decisão mais acertada.

Não existe uma resposta certa do que é realmente melhor entre essas duas opções. Escolher entre construir a casa do seu jeito ou comprar uma pronta para morar, depende de algumas variáveis que precisam ser analisadas detalhadamente. Fatores familiares e financeiros devem ser considerados antes da definição.

Neste post, mostraremos as vantagens e desvantagens de cada uma das sugestões e ajudaremos você a descobrir qual a melhor para conquistar o sonho da casa própria. Confira!

Comprar ou construir

Comprar um imóvel pronto para morar pode ser mais prático, rápido e facilitar a mudança. Por outro lado, construir seu próprio canto significa deixar cada cômodo exatamente como deseja e dar mais personalidade ao lar. Mas para decidir é importante observar, entre outras coisas, o perfil da família, a disponibilidade de tempo e dinheiro, além da rotina da casa.

Comprar uma casa pronta

Adquirir uma casa pronta para morar é a alternativa mais rápida e prática. Muitas vezes, o curto tempo entre a compra e a mudança acaba atraindo as pessoas com mais pressa. Quem compra um imóvel pronto consegue se mudar imediatamente.

Avaliando uma casa pronta

Quando estamos pensando em comprar uma casa pronta, existe uma série de cuidados que devemos ter para tomar a nossa decisão. Nesses casos, é muito importante avaliar todos os detalhes internos e externos do imóvel, antes de efetivar a compra, para evitar transtornos futuros.

Verifique os acabamentos, rejuntes, se há algum vazamento, rachaduras, mofo ou qualquer outro tipo de desgaste aparente na estrutura do imóvel. Confira se as instalações hidráulicas e elétricas estão em boas condições de uso. Diante de uma casa pronta, você pode medir e avaliar todos os cômodos para constatar se vão atender às necessidades da família e aos móveis já existentes.

Investindo na casa pronta

Outra vantagem de comprar um imóvel construído são as facilidades de financiamento oferecidas. Normalmente, o mercado financeiro disponibiliza processos rápidos com boas condições para quem deseja adquirir a casa própria. Além disso, caso tenha alguma quantia para oferecer de entrada, é possível ter ainda mais chances de negociação e conseguir melhores preços.

Uma das desvantagens de comprar um imóvel pronto é ter que investir um pouco mais de dinheiro. Normalmente, comprar fica mais caro que construir. Mas para quem não está disposto a empregar tempo e paciência em uma construção do zero, a compra continua sendo a melhor opção.

Burocracia da casa pronta

Outra questão pode ser com a documentação do imóvel.

Existem burocracias que acompanham todo o processo e encargos de escrituração, que não costumam ser baratos e que são de responsabilidade do comprador. Por isso, é importante analisar com clareza todos os detalhes do contrato, anotar as taxas e juros embutidos nas parcelas e realizar pesquisa de mercado, antes de efetivar a compra.

Por outro lado, a burocracia de se adquirir uma casa pronta costuma ser bem menor do que a de se construir uma casa do zero. Parece confuso? Mas na verdade é bem simples de entender!

O que acontece é que para a construção de um imóvel existem diversos pontos e quesitos pré-determinados que devem ser respeitados. Essas questões costumam ser determinadas por legislações e normas de nível municipal, indo desde licenças e seguros até a distância da rua ou a altura da casa, por exemplo.

E justamente essa uma das grandes vantagens de se adquirir uma casa que já está pronta, já que todos esses pontos já terão sido observados e cumpridos pelos construtores da residência. Na prática, isso significa muito menos preocupações com aspectos legais envolvendo a sua casa, e preocupações com eventuais multas ou penalizações por esses motivos.

Estabilidade da casa pronta

Outro ponto favorável da casa pronta, quando se está em dúvida entre comprar ou construir, é levar em consideração a previsibilidade. Para quem gosta de ter tudo sobre controle o tempo inteiro, talvez essa seja uma ideia melhor.

Basta pensarmos em como eventualmente obras atrasam, ou algo dá errado, e em meio a tudo isso você acaba precisando adiar o momento em que finalmente vai se mudar pra sua casa. Se o imóvel for comprado já pronto, essa será uma preocupação a menos para você.

Construir a casa própria

Para quem deseja desenhar a própria casa, exatamente do jeito que imagina, e não tem pressa para se mudar, construir o imóvel pode ser a melhor solução. Após a escolha da localização e do terreno, começar um imóvel da planta permite que você planeje o tamanho dos cômodos, a disposição dos ambientes, funcionalidades e todos os acabamentos, proporcionando personalidade a residência.

Além disso, é possível fazer um projeto sustentável e priorizar, por exemplo, a entrada de iluminação natural para economizar na conta de luz no final do mês. A ajuda de engenheiros e arquitetos favorece para que você pense em todos os detalhes, como a voltagem das tomadas para os eletrodomésticos e largura de portas e janelas. Desta forma, é possível ter melhor aproveitamento de todos os ambientes.

Investimento na construção

Outro ponto vantajoso em construir a própria casa é o investimento. Caso a obra não tenha grandes imprevistos, quem levanta o imóvel do zero tende a economizar cerca de 30% com relação aos que compram um lugar pronto. Além disso, a tendência das propriedades construídas é a valorização imobiliária depois de finalizada, fazendo da casa um investimento patrimonial rentável.

Mas para construir a casa própria é importante que você tenha todo o dinheiro em mãos, caso contrário, pode não ser um bom negócio. Diferente das linhas de financiamento para comprar um imóvel pronto, as condições de crédito oferecidas para quem deseja construir não são muito atraentes. Coloque juros e taxas no papel e veja se vale mesmo a pena realizar esse investimento.

Escolhendo o terreno

Outra dificuldade é escolher o terreno mais adequado. Na hora de comprar o lote você deve considerar a localização, centros comerciais próximos, condições de infraestrutura e saneamento básico, eletricidade, escolas e mercados, facilidade de acesso, além do fator segurança. Porém, nem sempre é fácil juntar todos requisitos em um lugar só. Por isso, é preciso pesquisar, conversar com moradores da região e com consultores imobiliários para tomar a melhor decisão.

Entretanto, esse trabalho costuma ser bem recompensado, uma vez que na maioria das vezes, a compra do terreno para a construção costuma ser bem mais barata. Além disso, após terminada a obra, os terreno costuma se valorizar consideravelmente, o que ainda pode dar a você um ótimo retorno no futuro, caso opte por vender seu imóvel.

Para quem está na dúvida entre comprar ou construir sua própria casa, ter essa grande probabilidade de obter um retorno futuro nesse investimento pode ser um grande diferencial. Convenhamos que é um belo ponto positivo para construir a sua própria casa!

Construindo aos poucos

Outro ponto interessante que você deve levar em consideração quando se questionar sobre comprar ou construir a sua casa, é lembrar que a construção pode ser feita aos poucos. Como já comentado em tópicos anteriores, construir a casa pode ser demorado, e há certa dificuldade no seu financiamento.

Entretanto, com um bom planejamento, é possível priorizar as partes mais importantes da casa e ir conservando o restante, apenas para não permitir aquele aspecto de velho. Dessa forma, aos poucos, conforme for se adequando às circunstâncias, você pode ir retomando algumas obras e expandindo a sua casa, construindo mais alguns cômodos.

Dessa forma, você consegue construir a sua casa aos poucos, de modo mais controlado e pacífico, e podendo inclusive ir morando nela durante uma parte desse processo.

Importância da mão de obra

Para construir é fundamental ter uma equipe especializada, com técnicos que se comunicam entre si, para colocar em prática da maneira mais eficaz o projeto. Isso garante menos surpresas durante o processo e evita muitos gastos extras. Mas encontrar mão de obra qualificada e com bom preço de mercado pode ser um outro gargalo. Por isso, é necessário conhecer bem as empreiteiras e os prestadores de serviço e ficar atento às normas e leis referentes à construção civil.

Como vimos, para construir um imóvel do zero é preciso ter tempo, bom planejamento, paciência, além de investir na contratação de empresas com profissionais qualificados. Já as casas prontas tendem a tornar o processo de mudança mais prático e rápido e oferecem melhores condições de financiamento, para quem ainda não tem todo o dinheiro disponível.

Portanto, na hora de escolher entre comprar ou construir, analise suas condições financeiras atuais, as necessidades da família, a disposição de tempo, faça pesquisa de mercado e consulte empresas e profissionais especializados. Desta forma, aumentam as chances de sucesso no investimento com mais conforto e tranquilidade.

Agora você já sabe bem mais sobre as vantagens e desvantagens de se comprar um imóvel pronto, ou optar por construí-lo! Esperamos que esse texto tenha sido útil para você, e gostaríamos de pedir que você compartilhe este texto em suas redes sociais, para levar essas informações para ainda mais gente!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.