Descubra agora o que é preciso para ter uma casa inteligente

Os avanços tecnológicos dos últimos anos têm sido muito grandes e em ritmo extremamente acelerado. Há menos de uma década as coisas já eram muito diferentes, diversas tecnologias que não eram tão comuns já estão extremamente popularizadas.

É obvio que o setor imobiliário não fica imune a tudo isso, e todas essas inovações e mudanças tecnológicas acabam respingando lá. Isso acabou criando e tornando cada vez mais popular o conceito de casas inteligentes, que estão se provando uma verdadeira tendência para as casas do futuro.

As casas inteligentes nada mais são do que aquelas residências que possuem conexão com diversos mecanismos de automação, que fazem sua casa parecer que veio de um filme futurista! Mas que tal darmos uma olhada em alguns desses mecanismos? Então, siga com a gente!

Assistentes virtuais

Essa aqui é a base de todas as casas do futuro, pois é a partir das assistentes virtuais que boa parte do processo de automação virá. Talvez você já tenha ouvido falar de algumas delas, como a Siri, a Alexa, ou até mesmo o Google Home. Bem, esses são alguns dos exemplos de assistentes virtuais.

Elas são tão importantes justamente porque é a partir da inteligência artificial delas que você conseguirá dar ordens e pedir informações. São esses programas que executarão as suas demandas, desde responder que horas são até servir de despertador, ligar e desligar a TV, ou então, até mesmo, acender as luzes do seu quarto.

Sensores de movimento

São bem comuns em corredores, mas têm sido cada vez mais aprimorados e se tornando comuns nas chamadas casas inteligentes. Os sensores de movimento podem ser programados para apagar as luzes após um determinado tempo sem que hajam grandes movimentos ou ninguém passe por determinado cômodo.

Além disso, eles são sensíveis à iluminação natural, percebendo então que o local já está suficientemente iluminado e que não há necessidade de acender as luzes. Ou seja, talvez nem seja preciso dizer as palavras de antes para apagar ou ligar a luz, o que torna as coisas muito mais práticas, principalmente naquelas idas noturnas ao banheiro.

Lâmpadas inteligentes

Mas, para que tudo isso seja cumprido, existe outro requisito que deve ser atendido antes. Afinal, você não se perguntou como os sensores de movimento ou então as assistentes virtuais farão coisas como apagar as luzes? É aqui que entram as lâmpadas inteligentes.

As lâmpadas inteligentes podem ser controladas por controle remoto ou pelas assistentes virtuais, mas suas funções não se resumem a ligar e desligar. Elas também podem variar a intensidade da luz, além de também conseguir mudar a cor emitida, podendo gerar diversos ambientes distintos. Tudo isso sendo um dos recursos mais baratos de se usar em casa.

Enfim, não é necessário ir muito longe para notar como as automações propostas para se ter uma casa inteligente podem melhorar muito o seu nível de bem-estar. Gerando inúmeras situações de conforto por meio dos aparelhos inteligentes e das assistentes virtuais, as casas inteligentes são, de fato, a grande tendência do futuro.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo, e gostaríamos de convidá-lo a compartilhar este texto nas suas redes sociais, para que mais gente descubra sobre essas incríveis modernidades!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.