Como saber se o bairro é seguro? Confira 7 dicas estratégicas!

Quando buscamos um novo imóvel para morar muitos fatores devem ser considerados para garantir nossa tranquilidade e conforto. O número de cômodos, as condições estruturais do imóvel, áreas de lazer e comércio da região são algumas das questões que devemos nos atentar nesse momento. Além disso, avaliar se o bairro é seguro nos ajuda a fazer a melhor escolha.

Decidir por um bairro tranquilo para morar é fundamental para garantir a segurança e o conforto de toda a família. Uma região que oferece estrutura que facilite a rotina é importante, mas a segurança do local também é essencial para a tranquilidade de todos que ali vivem. Neste post, vamos dar dicas de como avaliar se o bairro é seguro e qual o impacto disso na vida dos moradores. Acompanhe e boa leitura!

A importância de escolher um bairro seguro

Na hora da mudança, geralmente, as pessoas buscam imóveis que viabilizam o aconchego e o bem-estar dos moradores. Mas, saber escolher um bairro seguro é também um dos principais fatores a serem considerados neste momento. Analisar o comércio local, a estrutura do bairro e a vizinhança é essencial, assim como, verificar a segurança da região.

Nesse quesito, ter policiamento e baixo índice de criminalidade, por exemplo, são pontos que precisamos nos atentar. Um bairro seguro pode influenciar em todas as outras características relevantes de uma moradia e fazer total diferença na qualidade de vida dos moradores.

Analisando a segurança do bairro

Na hora de escolher o melhor bairro para morar, alguns detalhes são pontos de atenção que devem ser avaliados de forma criteriosa. Essa é uma maneira de garantir proteção, sossego e serenidade para os futuros moradores. A segurança do bairro impacta em todo o modo de vida que se é possível levar por ali. Separamos algumas dicas que podem ajudar muito a escolher o lugar mais seguro para morar.

1. Visite o local em diferentes horários

Quando se encantar por um determinado imóvel, visitar a região em diferentes horários do dia é um ótimo exercício para conhecer melhor toda a movimentação do local. Verifique como é o funcionamento do comércio durante o dia e a noite, por exemplo. Avalie a luminosidade da casa durante o dia e as condições da iluminação pública à noite, para saber se o deslocamento é seguro nos diferentes horários.*-

Além disso, é possível observar a vizinhança, movimentação de bares e demais estabelecimentos que funcionam no período da noite. Essa estratégia auxilia os futuros moradores a fazerem um estudo detalhado do bairro para saber se é seguro e viável realizar a mudança. Desta forma, é possível entender os horários de maior movimento de trânsito e comércio e avaliar se está de acordo com sua rotina.

2. Faça uma busca pela internet

Use a internet como sua aliada, faça buscas sobre o bairro que você gostaria de morar e veja quais notícias estão relacionadas com aquela região. Essa busca é importante para avaliar informações sobre crimes, como assaltos e mortes, além de mostrar outras situações, como alagamentos em momentos de chuvas intensas. Essas situações podem colocar sua vida em risco e causar diversos transtornos.

3. Converse com os vizinhos

Buscar informações junto à vizinhança é uma das formas mais eficientes de se ter notícias sobre a segurança do bairro. Assim, é possível saber se o local tem histórico de violência e quais os antecedentes podem comprometer a sua tranquilidade e comodidade. Muitas vezes, a região aparenta ser segura todos os dias, mas discretamente pode haver recorrência de invasão a casas e comércios para furtos e roubos.

Alguns bairros possuem vigilante fixos em determinados períodos do dia. Converse também com esses profissionais para se inteirar melhor das condições de segurança do local. Os comerciantes que atuam na região também são ótimas fontes de informação. Fale com eles e avalie se o bairro é seguro para o seu dia a dia.

4. Observe a infraestrutura

A infraestrutura do bairro também é essencial ser avaliada antes da realização da mudança. Ruas com pouca iluminação, por exemplo, podem ser mais atrativas para a prática de furtos e roubos. Verifique se as vias do bairro possuem boa iluminação e câmeras de vigilância. Esses equipamentos não impedem que crimes sejam cometidos, mas são capazes de inibirem a ação de pessoas mal-intencionadas, diminuindo as taxas de ocorrências na região.

É importante que a região escolhida tenha presença de viaturas policiais e iluminação suficiente em ruas e praças para garantir a qualidade de vida dos moradores. Outra dica é verificar a existência de terrenos baldios no entorno da futura residência. Esses locais podem servir de esconderijo para infratores e favorecer pequenos delitos na região.

5. Pesquise por estatísticas

Atualmente, é fácil e simples verificar os índices de criminalidade de qualquer região. Essas estatísticas, geralmente, ficam disponíveis na internet e podem ser fragmentadas por bairro. Esses dados podem ser encontrados nos sites das prefeituras locais ou de outros órgão e veículos de comunicação confiáveis.

6. Analise os acessos

Outro ponto importante são os acessos. Avalie as entradas e saídas do bairro em horários comuns e nos momentos de pico, assim como as condições das vias públicas. Verifique se o bairro tem boas linhas de transporte público, como pontos de ônibus e estações de metrô próximas a sua futura residência. Uma alternativa que vem ganhando espaço, são as ciclovias. Para pessoas que fazem da bicicleta um meio de transporte, observar as condições desses locais também é fundamental.

Em casos de condomínios fechados, analise se o acesso à residência é fácil e seguro. É preciso que haja mecanismos para controle de quem transita pelo local, evitando assim que qualquer pessoa entre e ofereça risco aos moradores. Além de câmeras e alarmes, é fundamental que haja confirmação de identidade e autorização interna para adentrar no condomínio. 

7. Avalie o tempo de deslocamento

Ir para o trabalho, levar os filhos na escola ou ir para a academia pode se tornar um tormento quando envolve grandes deslocamentos. Quanto menos tempo você ficar no trânsito, mais praticidade e segurança você terá. Além disso, grandes distâncias podem comprometer até mesmo suas horas de lazer, já que, muitas vezes, você pode precisar voltar para a casa de madrugada.

Por isso, dê preferência para bairros que facilitem o deslocamento entre os lugares que você tem costume de ir diariamente. Essas alternativas oferecem mais tranquilidade e conforto para todos os moradores da nova residência.

Portanto, bairro seguro é aquele que oferece boas condições de infraestrutura e locomoção para seus moradores. Avalie todos os detalhes da região antes de fechar negócio para garantir qualidade de vida e bem-estar para você e sua família.

Quer saber mais sobre regiões seguras para se morar? Conheça os melhores bairros de São Caetano do Sul!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.