Conheça agora as principais regras de condomínio residencial

Viver em um condomínio, com pessoas tão diferentes de nós, não é uma tarefa fácil. Com hábitos e rotinas diferentes, as pessoas precisam seguir algumas regras para evitar conflitos e brigas desnecessárias.

Por conta disso, os moradores e o síndico — amparados pela Constituição Federal —, criam regras de condomínio residencial que são essenciais para a boa convivência. Elas são importantes para colocar limites nos hábitos dos condôminos e para garantir um dia a dia tranquilo para todos.

Quer entender quais são as principais regras dos empreendimentos? Confira agora!

Horário do silêncio

Essa é uma das regras que mais causam problemas e conflitos entre moradores. Isso porque as pessoas realizam festas que se estendem pela noite e se esquecem de que, logo ao lado, existem doentes, crianças, idosos e pessoas com jornadas de trabalho diferentes da sua. 

Alguns condomínios têm suas próprias regras, enquanto outros seguem a legislação. Em geral, a lei do silêncio prevalece das 22 às 7 horas. Caso você faça uma reunião em casa, cuide com o volume do ambiente.

Para evitar que o som vaze, utilize tapetes emborrachados e outros revestimentos que impedem a passagem do barulho. O mesmo vale para obras, furadeiras e pregos sendo martelados nas paredes.

Circulação de animais

Embora ninguém possa proibir um morador de ter um animal de estimação, é preciso ficar atento às regras do condomínio para pets. Procure evitar que o bichinho faça muito barulho, geralmente causado pelo estresse de passar o dia sozinho.

Também fique ligado sobre a permissão de circulação dos animais. A regra básica é que eles estejam sempre no colo do tutor. Lembre-se de quem nem todos gostam de pets!

Áreas comuns

Como o próprio nome diz, as áreas comuns, como salão de festas, churrasqueiras, parquinhos e outras são de uso coletivo — ainda que alguns deles possam ser reservados.

É importante que você respeite os horários de uso para evitar reclamações. Faça o agendamento e respeite as datas reservadas para outros moradores.

Verifique, na convenção do condomínio, se a limpeza é de responsabilidade do morador. Caso seja, certifique-se de entregar o espaço em boas condições de uso.

Outra regra básica é manter a lista de convidados na portaria, para garantir a segurança e o controle de acesso.

Regras de mudança

Em geral, as mudanças nos condomínios residenciais devem ser feitas de segunda a sexta e em horário comercial, ou seja, das 8 às 18 horas. Alguns empreendimentos ainda abrem nas manhãs do sábado, o que facilita muito a vida de quem trabalha o dia todo.

Durante esse horário, deve ser levado em conta não só o transporte de móveis e itens para o apartamento, mas também a movimentação dentro de casa.

Algumas administradoras pedem para que os condôminos agendem as mudanças com antecedência, para avisar moradores e trabalhadores do prédio e evitar contratempos.

Visitantes

Se você é morador e já está acostumado às regras, é importante lembrar que crianças e visitantes devem segui-las igualmente.

Atente-se com relação ao respeito às áreas comuns, ao descarte correto do lixo e ao barulho. Alerte seus familiares e amigos sempre que algo for descumprido ou você poderá arcar com multas e outras sanções previstas no regimento interno do condomínio.

A vida em harmonia começa dentro da nossa própria casa, por isso, pratique sempre a empatia, a tolerância e o respeito. 

Você conhece outras regras de condomínio residencial? Quais são as mais comuns onde você mora? Conta para a gente aqui nos comentários!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.