Cuidados com crianças em casa: como deixá-la mais segura?

A infância é um momento marcante na vida de qualquer pessoa, concorda? Essa é conhecida como a fase das descobertas, afinal, as crianças adoram explorar o ambiente, até nos mínimos detalhes, para conhecer como as coisas funcionam.

Se, por um lado, essa fase gostosa deixa os pais babando, por outro, é necessário adotar diversos cuidados com crianças em casa a fim de mantê-las em segurança. Por isso, vamos apresentar algumas boas dicas para que o seu lar não ofereça riscos aos pequenos!

Livre-se dos móveis perigosos na sala

A sala de estar é um dos ambientes onde os pequenos mais ficam, devido à televisão e ao espaço para brincar. Sendo assim, merece uma boa dose de atenção ao pensar nos cuidados com crianças em casa.

Móveis pontiagudos oferecem riscos de perfuração, então é interessante utilizar protetores de quinas e até considerar investir em móveis planejados. Também é fundamental, não só nesse cômodo, mas em toda a casa, proteger os plugues de tomada para evitar choques.

Por fim, recomenda-se aposentar a mesa de centro, móvel que costuma ter vidro, uma altura pouco segura e baixa estabilidade. Esse conjunto de características representa um risco.

Mantenha a porta do banheiro fechada

Já que o banheiro é uma área com pouca circulação, pode estar com as portas sempre fechadas. Com isso, você evita que os filhos pequenos visitem o cômodo escondidas e se exponham a riscos, como o de tentar subir no vaso sanitário e acabar caindo.

Mas, ainda assim, é bom se precaver, certo? É importante instalar travas na tampa do vaso sanitário e nas portas dos móveis — que, muitas vezes, guardam produtos de limpeza.

Tenha atenção redobrada na cozinha

Não é difícil concluir que a cozinha é um dos espaços que mais exigem cuidados com crianças em casa. Aqui, o mais recomendável é instalar uma grade que impossibilite o acesso dos pequenos. Dessa forma, evita-se que eles tenham contato com uma série de riscos, tais como:

  • ligar o fogão e causar queimaduras ou vazamento de gás;
  • manusear facas e outros utensílios cortantes ou pontiagudos;
  • ingerir produtos tóxicos, como materiais de limpeza doméstica;
  • quebrar copos e outros recipientes de vidro, ocasionando cortes; e
  • entrar em contato com líquidos ferventes.

São tantos os perigos da cozinha que, mesmo com uma grade de proteção instalada, é preciso ficar de olho. Contudo, não faça desse cômodo um ambiente hostil: à medida que a idade avançar, comece a inserir a criança em atividades supervisionadas, como secar a louça ou ajudar a preparar o almoço.

Observe os detalhes no quarto

quarto do bebê é um ambiente sempre muito aconchegante, mas o que vai garantir a segurança da criança nesse espaço é a atenção aos detalhes. Mantenha produtos de higiene, medicamentos e brinquedos com peças pequenas fora do alcance do seu filho e instale proteção nas janelas.

Lembre-se de que o berço ou a cama devem ser aprovados pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Procure o selo de aprovação! É recomendável instalar uma babá eletrônica no cômodo, de modo a acompanhar o que acontece por ali, independentemente de onde você estiver.

Esteja sempre vigilante no quintal

Os cuidados com crianças em casa também devem envolver a área externa. Caso você tenha uma piscina, jamais deixe o seu filho sem supervisão nas proximidades dela, pois o afogamento é uma das principais causas de morte doméstica de crianças no Brasil.

Além disso, é indispensável manter ferramentas (como pás e enxadas) em uma área protegida, fora do alcance das crianças. O contato com o ambiente externo faz muito bem aos pequenos, mas deve ocorrer sempre com a supervisão de um adulto a fim de evitar acidentes.

Ter filho é uma alegria imensurável, mas requer um estado de alerta constante. Portanto, procure seguir as nossas dicas de cuidados com crianças em casa para evitar problemas e garantir a segurança delas. Lembre-se de proporcionar um ambiente aconchegante e de liberdade para as novas descobertas, mas sem abrir mão da supervisão, combinado?

Gostou das dicas? Então siga nossas redes sociais para acompanhar outros conteúdos como este. Esperamos por você no Facebook, no Twitter e no LinkedIn!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.