Apartamento ou casa? Conheça os prós e os contras de cada moradia

Eis uma dúvida que permeia a mente de quem busca um novo lar: apartamento ou casa? Ambas as opções oferecem vantagens e desvantagens. Sendo assim, é importante entender quais fatores pesam mais no seu bem-estar — privacidade ou segurança, por exemplo.

Para ajudar, vamos listar alguns prós e contras de morar em apartamento ou casa. Assim, você terá uma visão mais clara dessas características e poderá decidir com maior clareza, certo? Então, continue a leitura para descobrir!

Morar em casa: vantagens

Para muitas pessoas, morar em uma casa é um sonho a ser realizado. Não é para menos, já que essa opção oferece diversas vantagens:

Privacidade e liberdade

Viver em uma casa significa não se preocupar com vizinhos colados na sua parede e  poder manter a porta e as janelas abertas. Além disso, quem opta pela casa não precisa se preocupar com regras condominiais — você faz as regras!

Mais espaço

Em geral, as casas tendem a oferecer uma metragem maior que os apartamentos. Sala, quartos e cozinha mais amplos são muito bem-vindos, não é mesmo? Além disso, o espaço externo também costuma ser maior, com varandas e quintal amplos.

Sem taxa de condomínio

As contas inerentes a um lar já são numerosas — luz, água, gás, internet e, em alguns casos, aluguel. A menos que você resida em um condomínio fechado, não pagar a taxa mensal é uma grande vantagem que as casas oferecem.

Morar em casa: desvantagens

Nem tudo são flores. Se por um lado as casas oferecem diversas vantagens, alguns fatores pesam contra:

Segurança reduzida

Casas são mais vulneráveis por diversos fatores: a facilidade maior de adentrar na propriedade, a falta de portaria e a distância maior dos vizinhos. Por isso, a falta de segurança é um fator que pesa contra esse tipo de residência.

Maiores custos com manutenção

A necessidade de cuidar de toda a manutenção, até mesmo de pequenos reparos, como da fachada, é um fator negativo. Nos apartamentos, diversas manutenções são rateadas entre os condôminos — mas isso não acontece nas casas.

Morar em apartamento: vantagens

Chegou a hora de conhecer os pontos positivos de viver em um prédio compartilhado. A vida em apartamento tem suas vantagens, como veremos adiante:

Localização privilegiada

A escolha entre apartamento ou casa deve considerar que os primeiros estão, em geral, localizados em lugares mais convenientes, próximos do trabalho e de comércios, serviços e lazer. Assim, o tempo de deslocamento no dia a dia é menor.

Segurança

Vizinhos mais próximos, portaria e, em muitos casos, equipe de segurança, tornam a moradia em apartamento mais segura. Além disso, caso você more em andares mais altos, a invasão ao seu apartamento torna-se ainda mais difícil.

Maior comodidade

Pagar taxa de condomínio tem suas vantagens. Se bem administrado, o valor pode ser revertido para algumas comodidades, como área de lazer, manutenção da fachada e resolução de problemas estruturais do prédio.

Morar em apartamento: desvantagens

Na hora da optar por apartamento ou casa, o que pesa contra a primeira opção? É o que vamos entender melhor nas próximas linhas:

Poluição sonora

A vivência em apartamento sempre proporcionará alguma poluição sonora, seja pela proximidade com ruas movimentadas, seja com os vizinhos. Afinal, em um prédio, uma residência fica muito próxima à outra, não é mesmo?

Espaço menor

Na maioria das vezes, as construturas procuram otimizar a metragem quadrada disponível para construir mais apartamentos e, assim, tornar o empreendimento mais lucrativo. Desse modo, o espaço dos apartamentos é, em média, menor.

Taxa de condomínio

Por mais que um bom condomínio ofereça vantagens, a taxa de condomínio é um peso que o morador nunca deixará de pagar enquanto ocupar o apartamento, mesmo que seja próprio. Esse é, sem dúvidas, um fator negativo.

Como você notou, a disputa entre apartamento ou casa é acirrada. Ambas as opções oferecem vantagens relevantes e desvantagens que não podem ser ignoradas. Por isso, na hora da escolha, é importante considerar o que é mais importante para você (privacidade, proximidade com o trabalho, segurança etc.), o tamanho da sua família e o quanto vocês estão dispostos a investir, combinado?

Se você gostou do post, assine a nossa newsletter para receber outros conteúdos como esse!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.