Vai comprar um imóvel? Saiba como fazer um planejamento financeiro

A compra de um imóvel deve ser uma decisão tomada depois de muito planejamento e reflexão, pois o investimento é de longo prazo e alto custo. Portanto, é importante saber como fazer um planejamento financeiro adequado para que a aquisição se faça com tranquilidade.

Assim, antes de bater perna atrás do local ideal para viver, é preciso sentar e organizar suas finanças, para entender quanto poderá ser direcionado para esse investimento sem comprometer seu futuro nem seus gastos atuais.

Então, acompanhe neste texto algumas dicas de como fazer um planejamento financeiro, e faça da compra do seu imóvel um bom investimento para a vida, e não uma fonte de dívidas e incertezas. 

Pesquise a melhor opção de imóvel

Pense no formato de imóvel que você quer de acordo com o projeto de vida de sua família. Tem filhos? Terá mais filhos? Há possibilidade de abrir seu negócio e trabalhar de casa? Prefere morar perto do centro ou em bairros mais afastados?

Essas e outras perguntas ajudarão a definir o perfil do imóvel desejado e qual a média de preço que se encaixa nos seus planos. Pense no médio e longo prazo, pois não se compra um imóvel para ficar dois anos ou menos ali.

Organize seu orçamento

Depois do perfil de imóvel escolhido, o próximo passo deve ser avaliar as rendas dos futuros proprietários. Adote a clássica dica do planejamento financeiro – anote seus gastos, por menores que sejam, durante algumas semanas ou até um mês. Da conta de luz ao chiclete comprado depois do almoço, tudo conta para entender para onde vai seu dinheiro ao longo do mês.

Poupe

Depois do levantamento feito, avalie quais são os gastos que podem ser cortados ou suspensos por um período, e quais são inalteráveis. Com isso, você consegue saber quanto pode ser poupado ao longo dos meses, até atingir o valor do imóvel. O ideal é guardar pelo menos 30% de sua renda mensal para a compra.

Veja também que bens podem ser utilizados como entrada ou parte do pagamento do novo imóvel. Muitas imobiliárias e construtoras já aceitam automóveis, terrenos e outros imóveis para reduzir o valor da dívida. A ideia é que a compra se torne um investimento, e não uma fonte de dívidas, ao se gastar mais do que se arrecada. Busque um imóvel que se encaixe na sua renda e estilo de vida.

Faça seu dinheiro render

Se você tem a oportunidade de guardar parte do dinheiro antes de comprar o imóvel, é interessante fazê-lo render durante esse período. Em tempos de taxa Selic baixa e juros em queda, recomenda-se utilizar outros investimentos em vez da tradicional poupança, como o Tesouro Direto ou outra aplicação segura de renda fixa.

Se você já sabe por quanto tempo poderá esperar até realmente precisar desse dinheiro para pagar a entrada ou parcelas do imóvel, é interessante buscar aplicações que tenham prazos de vencimento determinados e com o rendimento pré-fixado, ou seja, você saberá antes de investir o quanto ele pode render.

Agora que você já aprendeu como fazer um planejamento financeiro, aproveite para levar esse conhecimento para sua vida, não só na hora de comprar um imóvel. O planejamento financeiro é uma ferramenta que auxilia a ter uma vida financeira sem sustos, ajudando a realizar sonhos no curto, médio e longo prazo. Leia também nosso outro artigo sobre como usar o FGTS para comprar seu imóvel.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.