Confira 5 cuidados fundamentais ao comprar o primeiro imóvel

Além de ser um grande investimento, o primeiro imóvel é uma aquisição que envolve muitas expectativas. Por esse motivo, é fundamental ter atenção para garantir que a família fará um bom negócio e o sonho da casa própria não vire um pesadelo. Pensando nisso, preparamos este post com 5 cuidados que você deve ter nesse momento tão importante. Confira!

1. Analise o orçamento familiar

Na hora de adquirir o primeiro imóvel, o primeiro passo é verificar o orçamento familiar e fazer um bom planejamento financeiro. Nesse momento, devem ser considerados itens como valor do bem, taxas com documentação e transferência e os impostos que serão pagos, além de eventuais reformas. É igualmente necessário pensar nas formas de pagamento, valor de entrada, disponibilidade financeira para parcelamentos e financiamentos — ou seja, em todos os fatores que, quando bem avaliados, evitam que a compra se torne um problema no orçamento da família.

2. Defina o perfil desejado

Para garantir uma boa aquisição, também é importante definir o perfil do imóvel desejado: será uma casa ou um apartamento? Quantos quartos são necessários? Quantas vagas de garagem? Churrasqueira ou espaço gourmet? Enfim, é necessário pensar nos itens que a família precisa para que o bem adquirido atenda às suas expectativas, afinal, esse é um grande (e duradouro) investimento. Delimitando esse perfil e tendo um orçamento definido, ficará mais fácil buscar as opções disponíveis no mercado, podendo repassar essas informações para uma imobiliária de sua confiança, que tentará indicar bons negócios para você. Assim, você também evita visitas em locais que não serão adequados para suas necessidades e/ou requisitos.

3. Avalie as características do imóvel

Quando visitar os imóveis de interesse, analise todas as características internas e externas. Fatores como localização, o que têm nas proximidades, iluminação da rua e pavimentação são itens que devem ser considerados. Você também deve verificar a sua estrutura, a existência de rachaduras, infiltrações ou vazamentos, informar-se sobre a parte elétrica da casa —enfim, todos os itens que podem gerar gastos com consertos e reformas no futuro. Dependendo da situação, é possível negociar com o vendedor o desconto de valores ou o conserto de avarias antes da entrega do imóvel. O importante é analisá-lo com calma para identificar todos os pontos que podem exigir mais investimento após a compra.

4. Verifique a documentação

Se a sua família já escolheu qual vai ser o seu primeiro imóvel, é importante verificar toda a documentação do bem e do vendedor antes de fechar negócio. Alguns documentos que devem ser solicitados são:

[list][list-child icon=”fa-check”]matrícula atualizada;[/list-child][list-child icon=”fa-check”]comprovante de pagamento de impostos e taxas;[/list-child][list-child icon=”fa-check”]quitação de dívidas condominiais, se for o caso;[/list-child][list-child icon=”fa-check”]certidões negativas do vendedor a respeito de ações cíveis, trabalhistas ou federais, protestos e dívidas tributárias.[/list-child][/list]

Se estiver contando com o auxílio de um corretor de imóveis, ele poderá ajudar na hora de solicitar e verificar todos os documentos necessários. Fazendo isso, você terá certeza de que o imóvel e o negócio são regulares, evitando contratempos no futuro.

5. Veja todas as condições de financiamento

Decidindo o imóvel que você quer, é hora de buscar as formas de pagamento. Para isso, o mais comum é recorrer aos financiamentos imobiliários. O ideal é analisar as propostas e condições de financiamento de diferentes instituições financeiras, além de fazer simulações para garantir a melhor opção de compra. Fique atento ao valor das parcelas para não comprometer demais o orçamento da família. Simule com diferentes valores de entrada e prazos para encontrar o valor mais adequado para o seu bolso. Outro ponto fundamental antes de assinar o contrato de compra e venda é analisar a possibilidade de arcar com os custos e negociar o pagamento na eventualidade de o financiamento ser recusado. Em regra, são previstas multas em caso de desistência do negócio. Por isso, é indispensável ter alternativas para não sair no prejuízo em caso de imprevistos. Cautela, tranquilidade e, claro, uma boa dose de planejamento são essenciais para quem está em busca do primeiro imóvel. Entretanto, seguindo esses cuidados durante a pesquisa e na hora da compra, você garantirá, com tranquilidade, um ótimo negócio para a sua família. Gostou deste post? Conhece outras dicas para quem vai comprar o primeiro imóvel? Compartilhe com a gente nos comentários!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.